sábado, 27 de junho de 2015

Rolé de Noticias #29... MUDANÇAS E NOVIDADES



O Rolé de noticiais chega cheio de novidades no skate Recifense/Pernambucano/Nordestino. Uma das novidades é chegada da marca LIBERT SKATEBOARD ao mercado, vindo direto do Ibura, trazendo o selo de qualidade de um dos bairros com mais história no skate pernambucano. Interessou-se pela marca do skatista Anderson Trow? Dá uma curtida na pagina da Libert e fique por dentro das novidades. 


Falando em novidade, essa semana foi lançada pela marca CONTROL URETHANE, o Pro model de rodas do skatista Profissional cearense Suênio Campos. Para marcar o lançamento, a Control divulgou um comercial bem legal com Suênio e as próprias rodas como protagonistas. Dá uma conferida no vídeo. 


Após o fechamento da Hell Skateshop, a marca está voltando ao mercado como HELL SKATES, cheia de novidades, com a mesma atitude e diversão característica da marca que sempre disse FODA-SE OS FALSOS e CONCEITO NÃO SE COMPRA... Curta a nova Pagina da Hell. 


A CLICK SKATESHOP não fechou, apenas mudou de endereço.  A loja que funcionava no centro do Recife agora está de endereço novo. Edifício Wadi Jiza, Av. Governador Agamenon Magalhães nº 30 Loja 06, Bairro de Prazeres em Jaboatão do Guararapes. 


A JAZZ SKATESHOP lançou sua nova estampa de camisa. Para divulgar a novidade, a Jazz mostrou a skatista patrocinada Beatriz Veloso usando a camisa pelas ruas de Caruaru. 


A GREENLAND SKATES também anunciou que o estoque de camisas tá renovado, com várias opções de modelos, estampas e cores... Acesse a pagina da marca e garanta a sua. 

A marca TODAORA anunciou seus novos modelos de Snapbacks e T-shirt. Dá uma conferida na pagina da marca e se liga nas novidades. 


Por ultimo, o Picos e Pistas faz um serviço de utilidade pública... Como é que o Governo do Estado constrói um grande parque, com playground, pista de skate, bike e copper, quadras de futebol e não se preocupa com a manutenção do equipamento. Além de várias partes alagadas dentro do Parque, como caixas de energias e gramado, os postes de luz estão dando choque. Para resolver o problema, ao invés de procurar onde esta vazando da corrente elétrica, a organização do parque achou melhor fechar os portões todos os dias às 18h, quando as luzes dos postes acendem... Eita jeitinho brasileiro de resolver os problemas. 

7 comentários:

  1. Mais um belo rolé de noticias com boas informações pra fortalecer o skate nordestino

    ResponderExcluir
  2. La Fenix Del puerto Perto29 de junho de 2015 17:23

    Vamos lá:

    LIBERT: MAIS UMA PRA SOMAR OU PRA SUGAR? vamos ver né, Começa... no ibura... vamo ver se quando começar a andar com as proprias pernas.. vai usar as mesmas pra sair do ibura e esquecer.. assim como...

    CONTROL: wow man, pro model de roda, quando sai o shape?

    HELL: ...

    CLICK: será que esse ano faz algum evento?

    GREENLAND: show as tshirt, mas diz ai... o atleta nunca correu campex... nunca fez um audio visual... entrou na liberdade ja ta corrndo camp.. e com a camisa da marca recém "adquirida"

    "Quem dá mais?"

    JAZZ: ...

    MACAXEIRA: e tem engenheiro que diz que a pista ficou massa.. ah vah!

    ResponderExcluir
  3. LIBERT: SUGAR... uma das palavras mais usadas no skate pernambucano.
    E continuará assim, até que entendam que quem SUGA os skate são os próprios skatistas. As marcas são detalhes no meio do caminho, afinal como já disse o velho Marcos Jonson: Uma marca de skate não é merda nenhuma até que os skatistas digam que ela é. Pelo menos essa vem de alguém que tem vivência no skate, não de um aventureiro que caiu de para-quedas. Tem tudo pra crescer.

    CONTROL: O skate nordestino agradece.

    HELL: depois de três anos fazendo "bamburim" e mandando todo mundo se fuder, acho que tá na hora de mudar o discurso nessa nova investida. Essa destilação de ódio o tempo todo tentando atingir alguém com: Conceito não se compra, sangue-suga, fodam-se os falsos... parece não ter dado muito certo. Se focarem no skate verdadeiro, sem se preocupar tanto com os falsos, talvez a parada agora flua. Parece que faziam a parada mais mostrar algo pra alguém do que pra ver o skate crescer.

    CLICK:Se esse ano sair o evento, o viaduto de Prazeres seria massa, já que agora estão no bairro. Não faz sentido a loja em Prazeres fazer um best-trick la no Marco Zero o na Macaxeira, pelo menos por enquanto, se pretende se firmar no local. Acho que até MF seria massa, já que é tudo Jaboatão mesmo.
    E ainda sobre o evento... sem bamburim fera, o skate merece mais que isso, e vocês podem fazer melhor.

    TODAORA: Às vezes nem lembro que essa marca existe.


    GREENLAND: Às vezes nem lembro que essa marca existe.

    JAZZ: Exemplo de que marca verdadeira não precisa ficar se auto-intitulando assim. O skate reconhece.

    MACAXEIRA: A pista não presta pra nada, mas bamburim de skate-shop de verdade e sessão geriátrica é tudo lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respondo por mim, já rolaram 9 Sessões Geriátricas, apenas três na Macaxeira e tu vem falar que só rola sessão lá, não entendesse nada da Sessão. Ela foi criada pra resgatar os skatistas de Casa Amarela para uma sessão e nada melhor do que fazer na pista mais próxima, Mas depois ja rolou Sessão na Caxangá, Aurora, Santana e temos ideias pra que ela rolé em vários outros lugares .... Quer criticar, faz criticas com base, se não ficam vazias.... Sim, muito obrigado por acessar o blog e comentar sobre as noticias, talvez se mais skatistas externassem suas opiniões publicamente, o skate pernambucano estaria diferente, com menos bamburins e sessões geriátricas em skatepark ruins.

      Ass: Henrique HC

      Excluir
    2. Eu não disse que as sessões geriátricas "só rolam lá", eu citei alguns eventos e disse: "é tudo lá" é bem diferente diferente. Mas enfim, a crítica nem é tão infundada assim, pois como você disse um terço das "sessões" foram feitas lá mesmo. Então a pista não deixa de ser um bom palco, não acha?

      Excluir
    3. Se houvesse manutenção, talvez rolasse, mas como falei antes, a ideia é que a sessão geriátrica seja itinerante, pena que não existe tantas pistas boas pra se fazer esse tipo de encontro que faz tão bem, principalmente pra mim e alguns velhinhos, pois revemos amigos de mais de 20 anos de skate, sei que pra muitos é apenas uma simples sessão de skate num domingo como qualquer outro. Mas como não criamos a Sessão pra agradar, e sim, pra resgatar e agregar, posso dizer que o EFEITO FOI FEITO.

      Excluir
  4. Sr. Anônimo, creio que a Hell se diferencia de outras marcas que estão no cenário do Recife, justamente porque nós não mascaramos nem alisamos quem não faz pelo skate. Vamos continuar mandando qualquer um que mereça se fuder, acho que isso ninguém tem como mudar em nós.

    Sobre a questão do fazer para mostrar que faz... Realmente, fizemos tudo pra mostrar que é possível fazer, sim. Acho que em três anos de "destilação de ódio" como você mesmo disse, fizemos muito mais do que as marcas feitas de amor e harmonia, concorda ?

    Mas obrigado pelos toques e críticas, levaremos a sério e refletiremos sobre isso... Enquanto isso, curta nossa página no facebook e se ligue nas novidades.

    ResponderExcluir