sexta-feira, 2 de maio de 2014

Victor é Bob

O esqueite pernambucano carece de um bom nível. Na contramão dessa infeliz constatação surge com singular maestria Victor Bob. Há um bom tempo que Victor Melo Bentes vem se destacando no cenário pernambucano, regional e nacional. Dono de distintos e inúmeros títulos e feitos memoráveis que registraram a sua digital entre os grandes do “carrinho viciante”.
            A Praça do Hipódromo (bairro de Campo Grande) foi testemunha de seus primeiros ollies, tendo como tutores involuntários Marcílio “Coelho” e Pardal, que se destacavam na ocasião. Em seu início, Victor Bob mostrava intimidade com o esqueite sim, porém, não se poderia prevê que se tornaria a referência de bom esqueite em Pernambuco. Presenciei a melhor fase de Marcelo Bobeirinha, a indignação de Josa transformada em manobras, os combos manobrísticos de Mocegão, o auge de Adriano Caldas, a ignorância olliística de Magui, a ascensão de Dinho, a destreza de Felipe César, entre outros ilustres esqueitistas que abrilhantaram e contribuíram para o nosso ideal. Ante o apresentado, tomada às devidas proporções, afirmo sem exageros que Victor Bob é o maior que já vir andar de esqueite em nosso estado; salvaguardado a existência de Og de Souza.
            Com propriedade Victor se apresenta bem em manobras de ollies convincentes, giros confusos e bordas inimagináveis, tudo com estilo e segurança. O kick flip 360º, na final do Circuito Recifense Overall, executado por ele, descendo o caixote sobre a fun box, foi de uma plástica e beleza que ainda permeia o meu pensar. Não tenho como não pontuar seu registro no corrimão maior da pista de São Bernardo do Campo em São Paulo, feito ainda comentado com admiração.  Por fim, fez barba, cabelo e bigode nos difíceis circuitos sergipano.
            Nessas minhas andanças observei alguns esqueitistas com o esqueite pífio se comparado com o de Bob, contudo, eram bem influentes, gozavam de benefícios ante seus patrocinadores e ainda pousavam de estrelas. É inevitável se perguntar: por que Vitor não deslanchou tendo um esqueite que o credencia? Obviamente se Victor priorizasse umas posturas em detrimentos de outras estaria em uma posição confortável, isso por ter o esqueite forte e criativo. O período em que ele ficou na Myllys não foi de letargia (vá procurar no Google), pelo contrário, acredito que houve colaboração, mas não suficiente frente ao que seu esqueite de fato merece e precisa. Talvez faltou habilidade das partes para um melhor rendimento tanto da marca como do atleta. Agora na Click não terá a logística do patrocínio anterior, entretanto, receberá orientação gabaritada de uma equipe preparada que pode lhe colocar em patamares “nunca dantes navegados”. Espero que ele saiba disso e faça um bom uso.
            Não vejo com bons olhos Victor Bob competindo em alguns eventos. Pois seu nível destoa dos demais e ainda o expõe de forma negativa. Isso se dá por uma nítida falta de orientação e talvez o desejo de ganhar premiação. Neste cenário descrito, uma apresentação negociada seria mais prudente e o valorizaria como atleta.
            O profissionalismo ainda vejo como possível, contudo, Bob tem que ser “profissional” em suas correrias. O proprietário de uma antiga marca pernambucana de skate, passou alguns atletas com nível discutível, porém, com potencial para acontecer. E no caso em questão, bem ambientado no circuito profissional, esse Galeguinho de cabelos compridos, curtos, pintados para o carnaval, não seria um profissional meia boca, podendo doravante gerar bons frutos.
            Prefiro ser otimista. Sei que não depende de nós. Torço sobremaneira por dias melhores para Victor Bob e me parece que ele também, isso é o que importa.

                          
Acostumado com skate e a mídia desde cedo

Flipando em casa (Rua da Aurora)

Frontside Flip no Skatepark da Caxangá (Foto Júlio Detefon)

Frontside Flip durante o Best Trick do Oyama Fest ( Foto Júlio Detefon)

Frontside Rockslide durante a gravação do concurso de vídeos da Nike "The Chosen" (Foto Patrício Skatemaster)

Ollie Mellon durante o Esporte do Mangue (Foto Júlio Detefon)

Backside Smith durante uma das etapas do Circuito Sergipano (Foto Júlio Detefon)

Frontside Noseblunt slide no Skatepark do Atalaia em Sergipe (Foto Júlio Detefon)

Kick Flip 360 fechando a sua linha no Circuito Recifense Overall (Foto Júlio Detefon)

Frontside Blunt slide na Pista de São Bernardo do Campo-SP, durante o Make it Count (Foto Atilla Chopa)

Para simbolizar a correria de Victor Bob entre as duas cidades, Júlio Detefon registrou esseSmith Grind em Olinda com Recife ao fundo

Big Ollie para mostrar que os joelhos estão em dia (Foto Alexandre Soares)

Flip Shifty direto para o primeiro lugar no pódio da Copa Sobral no Ceará (Foto Júlio Detefon)

Frontside Noseblunt Slide na mesa de Piquenique da Kéfren Skateshop ( Foto Maurício Pokemon)

Backside Crooked durante o Best Trick na famosa borda de Campina Grande- PB (Foto Sequência Skateboarding)

Halfcab Rockslide To Backside Boardslide durante a gravação para o vídeo de boas a vinda da Click Skateshop (Foto Thiago Gouveia)

Backside Fiffty-Fiffty  por toda extensão da borda (Foto: Magui)

Big Ollie fechando a conta e passando a régua na matéria (Foto: Magui)

Texto: Lau
Fotos : Felipe Frazão, Júlio Detefon, Thiago Gouveia, Maurício Pokemon, Atilla Chopa, Alexande Soares, Sequência Skateboarding,  Magui.

15 comentários:

  1. Esse é o Victor Bob! Muito bem colocado o texto do Lau... Sintetizou bem o skate do garoto. Parabéns a todos os envolvidos pelo belo trabalho!

    ResponderExcluir
  2. é com mto orgulho que conheço essa figura e desde sempre o presenteio com mtos conselhos. Antes um garotinho de cabelos longos e loiros que mais parecia a Xuxa, hoje um homem, um amigo. Desejo de coração que se torne um profissional e leve para o Brasil e porque não para o mundo o que Pernambuco tem de melhor. Nosso afeto, nossa alegria e nossa loucura de sermos Pernambucanos!!

    Deus abençoe Victor Melo "O Bob"!!! o/

    ResponderExcluir
  3. Bobinho que de "inho" não tem mais nada, pois o rapaz está maior que eu. Ainda me lembro ele guri, de cabelos longos com a cara de marrento, mas por dentro super gente fina, perguntando a mim e a Sávio Neves como se dar nollie. Como se precisasse de minha ajuda para aprender alguma manobra. Hoje seu nível de skate está muito alto e admirado por muitos. Bem sucesso na sua jornada Bobinho. Te cuida cara. Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Victo Bob. Grande Lau e seus textos maravilhosos Picos e Pistas sempre mostrando toda historia do nosso Skate Pernambucano que vive um dos seus melhores momentos

    ResponderExcluir
  5. Excelente matéria. O LAu, bom no skate e nas palavras (para o bem e/ou para o mal).
    E encontrou no excelente skate de Bob um caldeirão cheio para usar suas palavras para descrever de bem o que já muito Bom, BOb e seu Skate.

    Parabéns e firmeza na correria.

    ResponderExcluir
  6. Tive o prazer de conhecer o guri de cabelos cumpridos que passava as rampas dos campeonatos sem dar ollie, que falava pra caralho (Eita bichinho chato), mas que sempre foi apaixonado por skate e por evoluir com ele. O mundo da voltas e depois de alguns anos está eu encarregado de filmar e editado aquele que se chamava Bobinho no passado e agora é Victor o "BOB'. A responsabilidade foi dobrada, fazer um vídeo de um skatista com um nível tão alto, que vi toda a evolução, mas filmar Bob foi fácil, difícil foi os Picos que o cara nos levou e nos mostrou suas tricks pra lá de embaçadas. Bob é isso, skate ao extremo, seja em pico ou pista ou no Picos e Pistas.
    Parabéns Bob e muito obrigado pela oportunidade de trabalhar com algo tão grande, MOSTRAR UM POUCO DO SEU SKATE !!!!

    ResponderExcluir
  7. muito skate envolvido, sangue nobre, salve! bob tamo junto família

    ResponderExcluir
  8. Bob o skate pernambucano agradece sua evolução!!
    Indiretamente ou diretamente vc puxa o nosso nivel!
    Aprendam faladores do caralho como se anda d skate d verdade!!

    ResponderExcluir
  9. Já falei em outras matérias e em outras que viram,o Bob é show de skate e melhor,dono de uma humildade impar,exemplos e atitdes temos de sobra do cara e o que vem dele agora é só ponto para engrandecer o no skate pernambucano,mas uma vez,"PARABÉNS!!!"

    ResponderExcluir
  10. Disseram ai.... nas postagens acima. . "Bob pucha nosso nivel"

    Mas quem pucha o dele?

    Ass. 1000lys

    ResponderExcluir
  11. E verdade.. bobinho ja passou do ponto de saturação (se não sabe procura no google. , burro) ja n tem mais graça ele participar de campeonato aqui com a galera se recife... acho que ele tem que puchar mais... o que sera que ele pucha mais o nivel do skate ou ...

    ass. Falador do caraleo

    ResponderExcluir
  12. Super materia! Parabéns aos envolvidos!
    Parabéns tbm ao Victor, por nunca desistir de seus sonhos... vai nessa garoto!
    Ass. Ismenia

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelo texto. Sucesso a Bob.
    João Neto

    ResponderExcluir